Terceira dose de reforço já chegou a mais de 15 mil idosos em MS

Vacinacao-terceira-dose-Foto-Edemir-Rodrigues-.jpg

A terceira dose contra Covid-19 já chegou a 15.323 idosos a partir de 60 anos em Mato Grosso do Sul, o que representa 4,5% do público. A expectativa é vacinar 337.848 pessoas desta faixa etária. O objetivo é reforçar a imunização deste público, principalmente para conter as variantes do vírus, como a Delta.

No começo de agosto a Secretaria Estadual de Saúde (SES) apresentou um levantamento em que indicava a necessidade de uma terceira dose de vacina aos idosos, em que a idade é fator de risco para a doença e o sistema imunológico responde menos à produção de anticorpos.

O estudo revelou que de fevereiro a maio deste ano este grupo adquiriu imunidade contra a Covid-19, no entanto, depois deste período houve aumento de casos e mortes nesta faixa etária em função da doença. Estes dados foram repassados ao Ministério da Saúde, que depois autorizou a aplicação da dose de reforço.

Com o aval, Mato Grosso do Sul iniciou a aplicação da terceira dose em 27 de agosto nos idosos residentes em instituições de longa permanência e naqueles com 80 anos ou mais. Com a chegada de novos imunizantes os municípios começaram a adequar o calendário de vacinação com a inclusão novamente desta faixa etária.

“Estamos na vanguarda no país, pois graças a eficiência de nossas equipes, concluímos os esquemas vacinais de mais de 90% de vacinados com pelo menos uma dose aplicada. Por isso, iniciamos a vacinação da dose de reforço nos idosos por estamos avançados na imunização”, explicou o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende.

De acordo com o “Vacinômetro”, o Estado já aplicou ao menos a primeira dose em 74% da população. Se levar em conta apenas o público adulto este percentual sobe para 93%, sendo 63% com a imunização completa (dose única ou 2° dose). Ao todo já são 3,1 milhões de doses aplicadas no Mato Grosso do Sul.

O Estado segue em destaque na imunização nacional, estando nas primeiras colocações no ranking entre os estados na aplicação da primeira e segunda dose. A logística eficiente também é referência, com a distribuição dos imunizantes aos 79 municípios em menos de 12 horas.

***********
Fonte : Portal do Governo de Mato Grosso do Sul
Com Intercâmbio via site www.guiadefatos.com.br
Leonardo Rocha, Subcom
Foto Capa: Edemir Rodrigues

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top