Polícia Militar Rodoviária reforça fiscalização e vigilância nas estradas durante o feriado

PRE-estradas-300x175-1.jpg

A Polícia Militar Rodoviária vai reforçar a fiscalização e vigilância das estradas e rodovias estaduais durante o período de feriado da Independência. O aumento de efetivo é em função do fluxo de veículos fica acima da média nesta época do ano devido as viagens dentro do Estado.

“Neste período se reduz as escalas de folga e intensifica a fiscalização nas rodovias, para coibir condutores que estiverem com abuso de velocidade, uso de bebidas alcoólicas e outras irregularidades”, explicou o comandante da Polícia Militar Rodoviária, coronel Wilmar Fernandes.

Ele destacou que é feito um levantamento de dados estatísticos sobre que rodovias e estradas devem receber atenção maior durante o feriado. Entre elas citou as rodovias MS-306 e MS-276. “Nosso foco é evitar e reduzir número de acidentes no Estado, além de coibir outros crimes cometidos”, explicou.

O comandante destacou que nestas fiscalizações conseguem interceptar outros crimes como tráfico de drogas e armas, contrabando, porte ilegal de arma, descaminho e outros que forem identificados pelas autoridades.

Ainda citou que a população pode fazer denúncias e buscar informações sobre as rodovias por meio do telefone: 198. “As pessoas podem ter orientação sobre a situação das rodovias, em relação a bloqueios e condições das estradas, assim como apoio em caso de acidentes ou problemas com os veículos”, ressaltou Fernandes.

Orientações

Para uma viagem segura a PMRv orienta os usuários das rodovias estaduais a respeitar os limites de velocidade, manter distância de segurança em relação aos demais veículos, ultrapassar apenas quando houver plenas condições de segurança e não desviar a atenção do trânsito.

É fundamental planejar a viagem, buscando evitar, na medida do possível, os horários de maior fluxo de veículos e estar atento às condições mecânicas do veículo.

Dirigir cansado ou com sono aumenta o risco do motorista de cometer erros, portanto é recomendável que a cada três ou quatro horas de viagem, se faça uma pausa para descanso ou o revezamento da direção do veículo. O uso do cinto de segurança e da cadeirinha para crianças é imprescindível – esses equipamentos podem fazer a diferença em caso de acidente.

***********
Fonte : Portal do Governo de Mato Grosso do Sul
Com Intercâmbio via site www.guiadefatos.com.br
Leonardo Rocha, Subcom
Foto: Divulgação/Sejusp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top