No Allianz Parque, Palmeiras se impõe e vence o RB Bragantino

danilo-gol-palmeiras.jpeg

Palmeiras entrou em campo sabendo que precisava dar uma resposta ao torcedor no Allianz Parque, que ainda não tinha assistido a um triunfo alviverde em seus domínios pelo Brasileirão 2022. E, jogando com o apoio das arquibancadas, o Verdão venceu o RB Bragantino por 2 a 0, em duelo paulista pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro, na tarde deste sábado (14).

O triunfo do Alviverde contou com o gol do volante Danilo, que foi convocado por Tite para a seleção brasileira nesta semana. Já nos acréscimos, Raphael Veiga, de pênalti, ampliou.

Com a tarefa cumprida, o Palmeiras chegou aos 9 pontos na tabela do Brasileirão e encosta no bloco de cima. Já o Massa Bruta, que tem um jogo a mais em relação aos adversários, estaciona com os mesmos 9, porém, atrás na classificação devido aos critérios de desempate.

Próximo jogo
A equipe treinada por Abel Ferreira jogará na próxima quarta-feira (18), às 19h, também no Allianz, só que pela fase de grupos da Libertadores 2022, onde o time já tem garantida a classificação para as oitavas de final. O adversário será o Emelec, do Equador.

Um dia antes, o RB Bragantino recebe o Estudiantes (Argentina), no estádio Nabi Abi Chedid, às 19h15, pela mesma competição. O time comandado por Maurício Barbieri ainda busca uma vaga no mata-mata.

O jogo
O Palmeiras começou com a sua blitz inicial característica, e logo aos 3 minutos Mayke cobrou um lateral na grande área, Gustavo Gómez desviou e a bola sobrou para o atacante Dudu que finalizou para o gol. Apesar da comemoração de jogadores e torcida, o VAR (árbitro de vídeo) assinalou impedimento do camisa 7 e identificou que a bola não havia entrado.

Aos 19′, em cobrança ensaiada de escanteio muito parecida com a realizada contra a Juazeirense (pela Copa do Brasil), Mayke devolveu para Scarpa, que cruzou na área e Rony fez um 1 a 0 para o Palmeiras. Porém, o VAR entrou em ação novamente e assinalou posição irregular do camisa 10 palmeirense, e a partida seguiu empatada.

De tanto pressionar, o Palmeiras abriu o placar em uma bola parada aos 30′ minutos da etapa inicial. Mais uma vez, Gustavo Scarpa cobrou a falta da intermediária e o volante Danilo, em grande fase e convocado para a seleção brasileira, desviou para o gol e abriu o placar no Allianz lotado: 1 a 0.

Aos 37′, Rony assustou de novo a meta da Massa Bruta. O jogador do palmeirense apostou velocidade com o zagueiro adversário, Léo Realpe, ganhou e chutou para a defesa do goleiro Cleiton.

Aos 48′, enfim, o RB Bragantino apareceu na parte ofensiva e, depois de uma sobra da defesa palmeirense, o atacante Sorriso finalizou com perigo em direção à meta defendida por Weverton.

Já aos 50′, no último lance da primeira etapa, Dudu tomou a bola no campo de ataque, avançou pelo lado direito, driblou Natan e chutou para a defesa do Cleiton para a linha de fundo.

Etapa final
Um segundo tempo muito estudado nos primeiros dez minutos e nenhuma das equipes conseguiu assustar os goleiros no Alliaz Parque.

Aos 11′, a primeira chance aconteceu e foi de Raphael Veiga, que tabelou com o atacante Dudu na intermediária e chutou no canto do goleiro Cleiton, que defendeu em dois tempos.

Até os 30′ do segundo tempo, os times não conseguiram mais imprimir uma intensidade na partida e os treinadores decidiram fazer mudanças para ver se aconteceria algo diferente.

Aos 35′, o atacante Breno Lopes, que foi uma das mexidas do técnico Abel Ferreira, invadiu a grande área após um roubo de bola e chutou para o gol. Cleiton deu o rebote para a frente, Danilo não aproveitou a chance e isolou a oportunidade de ampliar o placar.

No minuto seguinte, Atuesta enfiou para Breno Lopes, que tocou para Raphael Veiga. Este ajeitou para Rafael Navarro, que também entrou na etapa final, mas seu chute foi travado pela defesa do RB Bragantino.

Com sete minutos de acréscimo, ainda deu tempo de o Verdão ampliar. No desespero, o goleiro Cleiton foi para o ataque tentar o gol de empate no escanteio. Não deu certo. No contra-ataque depois da cobrança, Breno Lopes recebeu a bola, invadiu a área e foi derrubado pelo arqueiro. Pênalti que Raphael Veiga cobrou e não desperdiçou, dando números finais ao jogo: 2 a 0.

FI​​CHA TÉCNICA
Palmeiras​ 2 x 0 RB Bragantino​
Local: ​Allianz Parque, São Paulo​
Data e hora: ​sábado​ (1​4​/5), às ​16h30 (de Brasília)
Público e renda: 36.123 pessoas / R$ 2.267.245,54
Árbitro: ​Flávio Rodrigues de Souza (​SP​)
Auxiliares: ​Marcelo Carvalho Van Gasse (​SP​) e ​Gustavo Rodrigues de Oliveira (​SP​)
Quarto árbitro: ​Vinícius Gonçalves Dias Araújo (​SP)
​VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (SP)​
Cartões amarelos: Gustavo Gómez, aos 23′ 1º/T, Mayke, aos 34′ 1º/T (Palmeiras); Natan, aos 26′ 1º/T, Nathan Camargo, aos 26′ 2º/T (RB Bragantino)

Gols: Danilo, aos 30′ 1º/T e Raphael Veiga, de pênalti, aos 53’/2ºT (Palmeiras)

​​PALMEIRAS: Weverton​; ​Mayke (Garcia), ​Gustavo Gómez e Murilo; Jorge (Vanderlan), Danilo,​ ​Zé Rafael (Atuesta), Gustavo Scarpa​ ​e Raphael Veiga; Ron​y (Navarro) e Dudu (Breno Lopes). Técnico: Abel Ferreira.

RB BRAGANTINO: Cleiton; ​Aderlan, Natan, Léo Realpe e Guilherme (Nathan Camargo); ​Raul, ​​Eric Ramires (Luan Cândido)​ e Hyoran (Artur); ​Bruno Tubarão (Helinho), Sorriso e Jan Hurtado (Ytalo). Técnico: Maurício Barbieri.

************
Fonte : R7  Do Live Futebol BR
Com Intercâmbio via guiadefatos.com.br
Foto: : @CESAR GRECO/SITE OFICIAL DO PALMEIRAS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Top